Blog

Ensino Médio
Compartilhar:

Em momentos como este, somos desafiados a nos reinventar.

Olá, queridos alunos!

 

Em momentos como este, somos desafiados a nos reinventar (e nunca ouvimos isso com tanta frequência).

Sem dúvida, as crises são oportunidades para refletirmos sobre nossos valores, condutas e estilos de vida. E agora não é diferente. Estamos vivenciando a nossa capacidade de superação e de resiliência, pois algo novo e inesperado fez com que nossa rotina fosse alterada de uma hora para outra.

E de repente, com tudo isso acontecendo, temos a impressão de que a nossa vida está atravancada, como se nossos planos e projetos pudessem ser interrompidos, afinal temos a sensação de que “o mundo parou”. Essa ideia é repetida a todo instante e parece adormecer e até anular nossos projetos e sonhos.

Mas ledo engano: o mundo não para! Ele se transforma e se reinventa.

As pessoas se dão conta de que, justamente, pela paralisação forçada, torna-se indispensável ter objetivos e sonhos voltados para nós, para o próximo e para o planeta. Isso nos faz pensar na nossa relação com o meio ambiente, com a nossa família, com os amigos e, inclusive, com nós mesmos.

 

QUE TAL REFLETIRMOS SOBRE ISSO?

Penso que esse novo olhar também possa ser dirigido à nossa maneira de lidar com a escola e com os estudos, pois, de repente, nós nos vemos diante de outro modo de ensinar e de aprender.

Vocês não estão mais em uma sala de aula presencial e o professor não está lá os chamando para prestar atenção.

Em meio a essas novas circunstâncias, podemos refletir sobre como a relação com o aprender estava associada a um professor que os conduzia constantemente. E nessa perspectiva, a escola é responsável por determinar integralmente os seus estudos: “Faça isso, faça aquilo!”. É como se não tivessem autonomia para regular sua própria atividade escolar.

Que tal encarar essa crise toda como uma oportunidade para se reinventar e se conhecer melhor? Em uma ocasião como esta, você pode usufruir das diferentes ferramentas ao seu redor para se adaptar a esse novo formato e aprimorar seus métodos de estudo, mesmo agora distante do quadro negro, do giz e do compromisso em “fechar” o ano letivo.

 

VAMOS LÁ!

Lembre-se de que, se ficarmos paralisados, seremos impedidos de olhar as possibilidades que este momento nos apresenta:

  • A Escola continua! Só que agora na forma on-line. E os professores e o Universitário continuam com você, trazendo novas estratégias para o seu aprendizado;

  • Reveja sua relação com os estudos! Será que essa nova rotina não nos oferece alternativas para atuar de maneira mais autônoma? Assim, observando como estudamos, podemos explorar novos recursos, como as videoaulas (nas quais vocês ainda podem interagir com professores e colegas), além de podcasts, filmes, grupos de estudo e muito mais.

  • Mesmo a distância, interaja! Se sentir falta de seus colegas, o que acha de uma reunião pelo ZoomHangoutWhatsApp,Skype, para tirar dúvidas? E não se esqueça das tutorias on-line.

  • Reorganize os seus horários de estudo! Não tenha simplesmente a preocupação em cumprir suas tarefas. A sua organização escolar cotidiana deve ir além dochecklist: “do que fiz ou do que não fiz”. Então busque maneiras de tornar cada uma de suas atividades sempre mais significativas. 

 

Será o planejamento de nossas ações que irá reestabelecer a nossa confiança e que permitirá a todos nós RESIGNIFICARMOS a nossa relação com os estudos.

 

Rosa Maria Cardoso

Psicóloga e Coordenadora do Ensino Médio